São Pedro Apóstolo uma devoção Tradicional

São Pedro Apóstolo uma devoção Tradicional

Pedro

Sou sacerdote algum tempo, nos meus 22 anos no sacerdócio católico, cada vez mais me confirmo na minha fé. A minha devoção aos Santos Apóstolos é desde o seminário na argentina. Porem pouco a pouco foi compreendendo que São Pedro Apóstolo e uma devoção muito forte por dois motivos: primeiro por que foi escolhido por Cristo para confirmar seus irmãos. Segundo, por que ele é muito humano, não esconde seus defeitos e suas virtudes; é autentico e transparente. É verdade que todos os Apóstolos tiveram graças extraordinárias que nenhum santo tem nem vai ter, privilégio por que eles foram os fundadores da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo. Mas acredito que nossa Igreja deve guardar a essência; não perder identidade. A doutrina contida nos Santos Evangelhos e todo o Novo Testamento a Liturgia e a Sagrada Tradição são essenciais a Igreja de Cristo. Por isso a Igreja de Jesus Cristo guarda a Sagrada Tradição Apostólica, e por isso, não pode compactar com erros modernos, nem filosóficos nem menos teológicos que se propagam na atualidade. Já São Pedro Apóstolo nos exorta na sua Carta: “Sede sóbrios e vigiai. Vosso adversário, o demônio, anda ao redor de vós como o leão que ruge, buscando a quem devorar. Resisti-lhe fortes na fé.” (I° Carta de São Pedro Apóstolo, Cap. 5, vers. 8,9).  Graças a Deus tenho firme convicção na Sagrada Teologia de Santo Tomas de Aquino que durante séculos ilumino com sua sabedoria a Igreja de Cristo.  E a Sagrada Liturgia deve ser mantida viva na Igreja, aquela que foi praticada e santificou tantos santos: a “Liturgia Tridentina” ou chamada de “Liturgia de São Pio V” que deixa claro, e sem duvida, que a missa é um sacrifício perpetuado no tempo. São Pedro Apóstolo nos ensina que devemos unir nossos sofrimentos ou sacrifícios presentes com Jesus Cristo: “...é melhor padecer, se Deus assim o quiser, por fazer o bem do que por fazer o mal. Pois também Cristo morreu uma vez pelos nossos pecados - o Justo pelos injustos - para nos conduzir a Deus...” (I° São Pedro cap. 3, vers. 17, 18); e mais ainda, nossa vida tem que ter fruto de santidade, a exemplo de Jesus, o Apostolo diz: “Assim, pois, como Cristo padeceu na carne, armai-vos também vós deste mesmo pensamento: quem padeceu na carne rompeu com o pecado, a fim de que, no tempo que lhe resta para o corpo, já não viva segundo as paixões humanas, mas segundo a vontade de Deus.” (I° São Pedro cap. 4, vers. 1,2). Por isso, acredito e aprofundando na fé, pelo estudo e pela vida, tenho a firme convicção, que nós devemos apoiar na doutrina dos Apóstolos. E eu exorto a todos os católicos de boa vontade a ter devoção ao Glorioso São Pedro Apostolo.

Rev. Mons. Héctor Rios-ICT

(Texto atualizado - 14-03-2019)